Dicas para teu bigode, Guia Masculino, Nivea Men
MANUTENÇÃO E INSPIRAÇÃO DO BIGODE
Dicas simples para manteres um bigode real.

MANUTENÇÃO E INSPIRAÇÃO DO BIGODE

Cada dia começa por ti. Cuida de ti com NIVEA MEN
#1

DEIXA-O CRESCER

Primeiro: Vais precisar de algum conhecimento base se queres moldar o teu bigode. Para encontrares o teu próprio estilo de bigode, vais ter de esperar umas boas 4 a 6 semanas.

#2

A PREPARAÇÃO

Agora que tens com que trabalhar, tens de considerar qual é o resultado final que queres ter. Encontra a tua inspiração antes de pegares na tesoura e imprime-a para a teres como guia. Por falar em tesoura, vais precisar desta e de outras das ferramentas. Aqui estão:
| Um bom espelho
| Uma tesoura para bigode ou barba
| Um pente para bigode
| Cera para bigode
| Um casaco de smoking (não é obrigatório, mas não é totalmente dispensável)

Cada dia dia começa por ti. Pele cuidada com os melhores ingredientes, Guia Masculino NIVEA MEN
#3

MANTÉM-TE FRESCO

Para todos aqueles que são jovens à arte do bigode, é obrigatório perceber que a manutenção tem de ser diária dado que os alimentos e tudo o resto que vai parar à cara, acabam por ficar presos ao bigode, tornando-se muito desagradável. No duche lava-o com shampoo e condicionador. Fácil. E, antes de cortares, deixa-o secar pois os pelos molhados ficam mais compridos e podem levar-te a cortar mais do que deves. No que toca ao corte, se está a invadir a tua boca: Corta. Caso contrário, deixa estar. Para os toques finais, pega na cera e pente - pequenas quantidades chegam perfeitamente, usando com moderação. Trabalha com a cera do centro para as extremidades e acaba com o pente. Feito.

#4

ESTILO NESSE BIGODE

Agora que sabes como fazer crescer e cuidar do bigode, aqui tens alguns estilos com mais personalidade, se sentires essa vontade.

O Lápis

Este estilo fino e estreito parece àquilo que soa: Como se tivesse sido desenhado por um lápis em cima do lábio. Este estilo antigo de Hollywood tem vindo a fazer o seu regresso. Mas cuidado com este visual, nem todos os homens conseguem usá-lo com graciosidade. Mantém-no aparado, curto e limpo, e tem em consideração o espaço entre o bigode e o nariz. Um visual demasiado fino pode não ser o teu objectivo, a não ser que pretendas parecer mais velho.

 

A Ferradura

Uma versão contemporânea e mais grossa deste estilo clássico dos filmes antigos de kung-fu. Ferradura é dificilmente o melhor nome. Uma ferradura invertida toca no lábio superior e cai verticalmente pela lateral da boca. Apesar deste estilo se destacar nas multidões, é preciso um enorme talento no campo dos bigodes para fazer um estilo desta magnitude, por isso dá-lhe uns meses para crescer até ao seu potencial máximo.

 

O Guiador

Parecido com a Ferradura, o Guiador também vai para baixo mas é mais esticado horizontalmente no lábio superior do que verticalmente pela lateral. Isto significa que NÃO o podes aparar. O estilo verdadeiro surge quando separas o bigode no centro, penteando-o para fora e aplicando cera enquanto enrolas o pelo para cima e para dentro, para criar aquela curva clássica. Este estilo mostra realmente o teu compromisso com a tua fauna facial, por isso leva-o a sério, mantém-no bem cuidado e acredita que vais ser um bom centro das atenções.

 

A Bifurcação

Este estilo de bigode à homem ficou muito popular nos anos 70 e 80. Infelizmente para alguns, este estilo requere que tenhas uns genes capazes de produzir tal quantidade de pêlo necessário para este bigode bastante grosso. Este estilo consiste num bigode bastante largo, que cobre completamente o lábio superior, de uma ponta à outra e em rapar a parte de cima em forma de V ou, como o nome indica, em bifurcação. Este estilo simples, precisa de pouca manutenção e usa-se facilmente sem precisar de grande precisão ao aparar, permitindo um visual mais durão e cerrado.

 

O Húngaro

O bigode grande e forte. Sim, é esse o bigode Húngaro. O rei dos bigodes, estamos aqui a falar de um verdadeiro suporte facial. Este bigode precisa de volume. Muito volume. Isto significa meses de paciência no crescimento, mas acredita em nós - vale a pena. Do tempo dos guerreiros europeus, este estilo exige respeito ou, pelo menos, inveja dos teus amigos com bigode. Podes ter liberdade artística total e estilizar o teu bigode para um nível superior ou mantêm-lo bem cheio e na sua forma clássica. A forma como o arranjas, o comprimento ou extensão das pontas depende de quem o cultiva.

 

Deixa o teu bigode crescer corajosamente, como poucos homens têm coragem de fazer.